Espiritismo e Psiquê




10 de mai de 2010

Aspectos psiquiátricos e espirituais nos transtornos emocionais


As postagens a seguir serão todas do livro:



Aspectos Psiquiátricos e Espirituais nos Transtornos Emocionais
Organizador: Washington Luiz Nogueira Fernandes.
Psicografias: Divaldo P. Franco



Fiz em cada capítulo um pequeno fichamento que me auxilia a escrever no blog, portanto as palavras usadas não são de minha autoria e sim do autor ou espíritos comunicantes, eu apenas coloquei o fichamento em formanto de texto. Recomendo a leitura do livro, pois o que escrevo são as minhas impressões ainda um pouco falhas. Considero este estudo além de interessante necessário para mim, pois é um método de tudo o que leio, não ser esquecido com o tempo.

Explicação introdutória – Washington

Desde a antiguidade há casos registrados de pessoas com diferentes estágios de alterações emocionais, somente há duzentos anos começaram a ser estudado e ganhar nomenclatura médica. Infelizmente a maioria dos profissionais são cépticos não considerando assim os aspectos espirituais na compreensão das patologias.

Alguns psiquiatras estão começando a estudar e procurando conhecer os aspectos espirituais nesta questão. Este livro é uma pesquisa realizada a partir de várias obras mediúnicas psicogradas por Divaldo Franco e oferece subsídios para a compreensão de aspectos médicos e espirituais envolvidos nesta área.

Pelo estágio evolutivo de pessoas que convivem na terra, deficilmente não exista quem já não apresentou algum transtorno emocional o que na maioria das vezes, passa desapercebido pelas pessoas e que não tem condições de identificar a patologia.

Considerando que vivemos em um Universo de energias, algumas sendo inteligentes (desencarnados) deficilmente encontra-se alguém que não sofra a influências dessas mentes que formam o mundo invisível, porém não podemos desconsiderar a responsabilidade (livre-arbítrio) de cada ser pelos seus atos.

Assim sendo nós espíritas, diante de qualquer problema psiquiátrico reconhecemos tres realidades importantes:

- Temos consciência que existem os elementos orgânicos envolvidos, com alterações do quimismo cerebral, e que são passíveis de receber terapêutica medicamentosa, com resultados favoráveis no tratamento dos efeitos das patologias;

- Sempre haverá o aspecto de influência espiritual no caso, porque assim o é com relação a qualquer pessoa, e se alguma coisa conhecermos sobre a Espiritualidade, poderemos muito ajudar os pacientes, servindo como um auxiliar na terapêutica acadêmica;

- Para os que se interessam em compreender os motivos dos problemas, a reencarnação (pluralidade das existências) apresenta a chave que explica perfeitamente a causalidade de todas as coisas.

Em suma, a Psiquiatria e o Espiritismo são duas ciências, do corpo e da alma, que muito auxiliam e estado de saúde integral da criatura humana.


continua...

Um comentário:

  1. Enquanto a ciência não se reder ao mundo espiritual que nos cerca, sua evolução demandará grande tempo e muitos desvios pelo caminho.

    ResponderExcluir